terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

O X da questão. Ou será o Y?

Nas páginas do Diarinho, falamos sobre um assunto que deixou muita gente curiosa. Na novela Caminho das Índias, da Rede Globo, um personagem culpa a esposa por não ter um filho homem, como ele quer. É realmente estranho, mas isso se deve às diferenças culturais entre os países (saiba mais na edição do Diarinho do dia 8 ou confira no site).

A primeira e mais importante coisa a saber é que, seja menino ou menina, os filhos devem sempre ser amados. Segundo, não existe 'culpa': quem decide é a natureza! Antigamente os pais que queriam filhos homens e tinham filhas culpavam as mães; nada mais errado. Por enquanto nem o pai nem a mãe podem escolher, mesmo que queiram. A ciência estuda um meio de fazer isso, mas ainda é coisa para o futuro.

O segredo está na hora da fecundação, quando a célula reprodutora da mamãe (o óvulo) encontra com a do papai (o espermatozoide). O óvulo sempre carrega apenas o cromossomo sexual com código X; já o espermatozoide pode carregar X ou Y.
Se o X da mamãe se juntar ao X do papai vai se formar uma menina (XX), mas se o espermatozoide fornecer um cromossomo Y, vai nascer um menino (XY).
Parece complicado, né? É mais fácil entender com o infográfico animado que preparamos para você:

(Caso não consiga ver a animação, peça para um adulto instalar o plug-in do Flash Player. Basta clicar aqui! )





fonte: Ester Silveira Ramos, professora do Departamento de Genética da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, da Universidade de São Paulo, e Karin A. Simon, bióloga da Unifesp

Então? Gostou?
Conte pra gente! Até a próxima!

4 comentários:

Beatriz disse...

Muito muito muito bom!!!!
Adorei a explicação e a animação está excelente e extremamente fácil de entender!
Parabéns pelo texto e pela animação!!!

andrea disse...

Gostei muito da explicação, tecnicamente faz sentido.

Parabéns pela criatividade.bye

Anônimo disse...

Então na realidade quem define o sexo do bebê é o papai, pois ele quem carrega o espermatozóides diferenciados entre X e Y, e não a mamãe em que o óvulo só é o x, isso sim está correto

Alguem Alguem disse...

Maravilhosa explicação, li para meu filho de 08 anos, assistiu o videozinho, entendeu melhor que muito bla bla. Obrigada a equipe que elaborou o assunto!