quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Leão-marinho é o novo mascote do Aquário de Santos

Foto: Anderson Bianchi/ Divulgação
O Aquário de Santos apresenta nesta quarta (21) o novo mascote: o leão-marinho Inti (nome do deus Sol na religião Inca). O animal, de 6 anos, chegou no dia 9 de dezembro. Veio do Zoológico de São Paulo e, desde então, recebe cuidados especiais de veterinários, biólogos e tratadores. 

Foto: Rogério Bomfim/ Divulgação
“É importante deixar o bicho conhecer o espaço, se acostumar com os profissionais. Fazemos de tudo para que consiga diminuir o estresse no novo ambiente antes de começar a visitação”, diz a veterinária do aquário, Cristiane Lassálvia.

O leão-marinho, que nasceu em cativeiro, pesa 270 kg. Por causa de seu tamanho, foi colocado no maior tanque - que ainda precisou ser adaptado para recebê-lo. O espaço tem 80 m² e capacidade para receber 366 mil litros de água salgada; há também uma área seca de 4 m². Segundo a veterinária, a alimentação é bem reforçada: 14 kg de peixes distribuídos de quatro a cinco vezes por dia.

Inti vai substituir o lobo-marinho Macaezinho, que durante 17 anos chamou a atenção de quem visitava o local. Ele morreu em abril de velhice. O aquário estava em busca de um novo animal. Como o Zoo de São Paulo tinha leões-marinhos acima da capacidade, a equipe de Santos entrou em contato e conseguiu adotá-lo.

ESPÉCIE
O leão-marinho tem esse nome por causa da juba dos machos, bastante parecida com a dos leões. Passa boa parte do tempo no mar, mas precisa estar próximo às rochas e areia das praias. O corpo desajeitado dificulta a locomoção, no entanto, o formato roliço e forte musculatura fazem com que tenha ótima habilidade para nadar. Pode medir até 2 m e viver 22 anos.

Foto: Anderson Bianchi/ Divulgação
O lobo-marinho macho não tem juba como o leão-marinho. O focinho também não se assemelha; o do leão é achatado (parecido com o dos felinos) e o do lobo é alongado (lembra o dos cães e lobos). O peso é outra diferença, embora nas duas espécies o macho seja maior do que a fêmea. O leão-marinho atinge 300 kg e a fêmea 150 kg, enquanto o lobo chega aos 90 kg e a fêmea 70 kg.

ONDE - Aquário de Santos (Praça Luiz La Scala, Ponta da Praia). De segunda a sexta, das 9h às 19h, (temporada de verão); sábado, domingo e feriados, até as 20h. Ingresso: R$ 2,50 e R$ 5. Crianças até 12 anos não pagam.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Patinação no gelo de graça em Sampa

Quem sempre quis patinar no gelo terá a oportunidade de realizar o sonho. E o melhor: sem pagar nada. São Paulo recebe até o dia 23 uma pista de patinação aberta ao público. Para participar é preciso ter a partir de 5 anos, apresentar documento com foto e estar acompanhado por adulto, que deverá preencher termo de responsabilidade.

Cinco monitores ajudarão os patinadores novatos. Patins e equipamentos de segurança, como joelheira, cotoveleira, luvas e capacete, serão fornecidos pela Secretaria de Esportes, Lazer e Recreação da cidade. Cada um terá 20 minutos para se divertir na pista, com capacidade para receber 60 pessoas ao mesmo tempo.

Neste fim de semana (dias 17 e 18), às 14h e 15h30, a Trupe Encantada - fera em patinação artística - também apresentará espetáculo inspirado na história do Natal.

ONDE - Embaixo da Ponte Estaiada (continuação da Avenida Jornalista Roberto Marinho, após o cruzamento com a Avenida Berrini). Funciona todos os dias, das 11h às 19h. Até dia 23. Grátis.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Sítio do Picapau Amarelo vira desenho


As aventuras e maluquices de Emília, Narizinho e Pedrinho viraram desenho, que estreia dia 7 de janeiro, na Rede Globo. A primeira temporada da animação do Sítio do Picapau Amarelo terá 26 episódios com duração de 11 minutos cada, que serão exibidos aos sábados pela manhã, após a TV Globinho. O Diarinho conferiu o lançamento da produção.

Os personagens são bem divertidos e engraçados. Emília, por exemplo, continua espevitada e falante. Os traços dos desenhos e algumas características, como olhos grandes, lembram animês. Roupas e cenários são bem coloridos. As histórias - como a original - se passam em um sítio afastado da correria e do barulho da cidade. O local teria tudo para ser supertranquilo. Lá, no entanto, coisas mágicas se tornam realidade.

“O desenho é moderno, digital, mas humanizado. A gente teve a preocupação de retratar o Brasil e a região (Sudeste) onde a história se passa”, diz o diretor da animação Humberto Avelar. Para encontrar o ilustrador  da série foi feito concurso. O vencedor foi Bruno Okada; para desenvolver o trabalho usou ao mesmo tempo computadores e desenhos feitos à mão.

Não foi tarefa fácil adaptar as histórias de Monteiro Lobato em desenhos e ainda reduzi-las a poucos minutos de duração. O roteirista Rodrigo Castilho afirma que queria ser muito fiel ao autor da obra. Portanto, usou partes do livro para fazer os episódios. “Um dos trechos (do livro) fala sobre o Marquês de Rabicó, que nunca cumpre as promessas que faz. Ele não tem boa memória. A partir dessa passagem, criamos um capítulo.”

A inspiração para o primeiro episódio vem do cenário retratado no livro em que Dona Benta (avó de Narizinho e Pedrinho) está sentada na varanda com cestinha de costura no colo e óculos na ponta do nariz. Quem passa e a observa nem imagina a verdadeira agitação do lugar.

Segundo Rodrigo, quem não leu a obra de Lobato não precisa esquentar a cabeça, pois não terá dificuldade em entender e curtir o seriado. Já a galera que conhece o livro vai recordar partes da trama original ao assistir à animação.  

VOZES
As vozes de Emília, Narizinho e Pedrinho são dos atores Isabella Guarnieri, 11 anos, Larissa Manoela, 10, e Vini Takahashi, 14. Eles se divertem, mas sabem que o trabalho é sério. Ficaram muito felizes com o resultado.


Mas uma voz se destaca no meio dessa turma. É a atriz e dubladora Gessy Fonseca, 87, que conheceu pessoalmente Monteiro Lobato e foi a primeira voz da Dona Benta em um programa de rádio, em 1943. Voltar a viver a personagem a deixa bastante contente. “Ela é gordinha e linda”, afirma Gessy sobre as características da personagem.

A famosa música de abertura do Sítio do Picapau Amarelo, interpretada por Gilberto Gil, também ganhou nova versão em ritmo mais acelerado. Ficou com a cara do desenho animado.

Por Bruna Gonçalves


sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Maior grilo do mundo vive na Nova Zelândia

Os insetos, em geral, são pequenos e mesmo assim assustam muita gente. Imagine o que aconteceria se fossem grandões. Pois, acredite, eles existem! O norte-americano Mark Moffett  encontrou um novo recentemente. O guarda florestal aposentado gosta de todo tipo de bicho e, por isso, não pensou duas vezes em pegá-lo nas mãos para tirar fotos.

Trata-se do inseto que pertence à espécie weta, conhecida como grilo gigante. É maior do que alguns pássaros; tem cerca 20 cm e pesa mais de 70 g. Na imagem, aparece comendo a cenoura oferecida por Mark. É encontrado apenas na ilha Little Barrier, na Nova Zelândia. Acredita-se que o local contribuiu para que crescesse tanto porque existem poucos predadores por lá. Há mais 70 insetos perecidos em outras partes do país, mas em tamanho menor.

Outro grandalhão é o besouro cerambicídeo-gigante, que pode atingir até 22 cm de comprimento. Mas a mariposa-imperador, maior do mundo, ganha com 30 cm de uma asa a outra. Quem tem medo de aranha não gostaria de encontrar a aranha-golias-comedora-de-pássaro, considerada a maior do mundo com 30 cm.

Agora, você já conhece alguns dos maiores insetos do mundo. Mas, e os pequenos? Sabe algo sobre a importância deles? Confira no Diarinho deste domingo (dia 11) como os seres minúsculos ajudam o planeta.

E tem mais. Insectomania é a nova série do canal pago National Geografic, que mostra de que forma os insetos contribuem para ciência, medicina, arquitetura, arte e, inclusive, para outros bichos. É exibido toda terça, às 21h.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Travessuras de pets vão parar na internet

Quem tem bicho de estimação sabe o quanto são amorosos, mas dão trabalho. Não só por todo cuidado que o dono responsável deve ter, mas pela arte que a maioria faz, principalmente, quando filhote. O site www.shitmypetsruined.com reúne fotos e histórias das travessuras de diversos pets. Além de ser divertido, serve de consolo para donos que pensam que só o seu animal apronta demais. Dá uma olhada na carinha deles!
                                                                                            Fotos: Sh*t My Pets Ruined
Cão artista mostra seu talento na janela de casa

Bonecas, sapatos, roupas e almofadas destruídas são algumas das surpresas que os bichinhos deixam para seus donos. Um cãozinho (foto acima), por exemplo, mostrou o lado artístico e coloriu a janela. Pela cara dele, gostou da obra que fez.


Gato não consegue esperar a hora da janta para comer as almôndegas


Se a gente quebra a louça da mãe e derruba comida no chão é motivo para levar enorme bronca. Mas e se o culpado pela travessura é o gato?  Com certeza o animal também não vai fugir do castigo. Tomara que Sherman (foto acima) tenha um dono bem compreensivo.


 Papai Noel perde o olho após ser atacado por cão

Com a proximidade do Natal, os pais decoram a árvore e espalham objetos bonitinhos pela casa. Mas há bichinhos que não resistem aos enfeites natalinos. O cãozinho que destruiu os olhos da pelúcia (foto acima) adora mastigar o que encontra pela frente. Nem o Papai Noel escapou.





* Seu bichinho também já aprontou alguma? Mande a foto e a história dele para o Diarinho. O e-mail é diarinho@dgabc.com.br e o telefone 4435-8303.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Você já viu a loira do banheiro?

Muitos leitores do blog pediram o vídeo da loira do banheiro postado no Diarinho de 21 de agosto. Aqui está! Mostra os bastidores da produção da capa do caderno sobre lendas urbanas e folclore. A repórter Caroline Ropero encarnou a personagem. Confira o resultado:


Leia também a matéria:
A loira do banheiro é uma lenda

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Diarinho entrevista Kermit (Caco) dos Muppets

Eles são mistura de animais, humanos, extraterrestres e seres que só existem na imaginação. Têm talentos únicos e fazem parte de trupe de artistas incomparável. São os Muppets, que invadiram os cinemas. Um dos bonecos mais famosos é Kermit. O nome pode parecer estranho, mas Kermit nada mais é do que Caco, o sapo. O verdinho conversou com o Diarinho e contou detalhes sobre sua infância, como foi a escolha da carreira e sobre seu verdadeiro amor, a Miss Piggy. Confira!



Você sabia? 
O nome do Caco sempre foi Kermit. O motivo da confusão foi por causa de um fato que aconteceu no Rio de Janeiro há alguns anos. Caco se apresentou a um produtor de cinema e tossiu. A onomatopéia (cof-cof-cof) fez com que o produtor entendesse que o nome era Caco. Ele ficou sem graça de corrigi-lo e assim ficou.


Leia também matéria publicada no Diarinho no domingo:

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Papai Noel completa a 70ª missão nos cinemas

Na sexta-feira (4) estreia nas telonas Operação Presente. O filme conta a história de Arthur, filho mais novo do Papai Noel, que acredita na eternidade do Espírito de Natal. Só que Steve, o irmão mais velho tenta modernizar tudo e arranja muita confusão. Confira abaixo o que Papai Noel e Steve disseram ao Diarinho:



Fotos: Divulgação
 Papai Noel não pensa em se aposentar



Há quanto tempo você é o Papai Noel?
Papai Noel - Esta será a minha septuagésima missão. Como tempo passa! 


Você vai continuar por muitos mais Natais?
É claro, eu sou Papai Noel! É o trabalho mais maravilhoso do mundo e eu vou prosperar nele. Confesso que é um pouco cansativo entregar presentes para crianças de tantos países, cidades e edifícios, mas eu amo isso!



Então, não tem planos de deixar o posto para o seu filho Steve?
Me aposentar? O que faria todos os dias? Steve é excelente, extremamente inteligente. Ele tem tantas qualidades, muita noção de tecnologia e modernização. É quem mantêm tudo funcionando até à data e nunca deixa de me surpreender com suas maravilhas. Como ele diz, sua ambição é ser o mais bem-sucedido Papai Noel, e eu tenho certeza que ele será ... um dia.
 
Conte-nos sobre o seu outro filho, Arthur.
É um menino querido e fã do Natal. Mas foi um quebra-cabeça encontrar o trabalho certo para ele no Pólo. Tivemos de treiná-lo. Primeiro o colocamos no setor de decorações de Natal, mas ocorreram tantos problemas.  Então tentamos mandá-lo para a parte da manutenção e também não deu certo. Mas ele parece feliz no Departamento de Correio, graças a Deus.


Arthur, o filho mais novo, é muito atrapalhado



Arthur está indo bem no Departamento de Correio?
Bem, ele só consegue escrever 20 cartas por semana enquanto os agentes elfos escrevem 700. Arthur demora porque entra em muitos detalhes nas respostas para as crianças, mas gosta do que faz, o que é o mais importante.



Qual é a sua época favorita do ano?
Além de Natal, é claro, gosto bastante da Páscoa. É tão bom ter uma festa em que não sou responsável por ela. Além disso, sou um chocólatra. É um gosto que vem de família.



Qual é a sua cor favorita?
Vermelho, branco. Vermelho e branco. Pode ter as duas como uma única cor?



Qual é a sua comida favorita?
Chocolate! Mas também gosto da sopa de minha querida esposa Margaret. Ela é maravilhosa cozinheira. Dê a ela cubo de caldo, cenoura e salsa e ela vai criar um milagroso líquido antes mesmo de terminar de chamar pela rena de número oito.




Qual é seu clima favorito?

Neve, sempre. É por isso que eu adoro ter a minha casa aqui no Pólo Norte.  
Margarete, a esposa do Papai Noel, faz sopa muito gostosa


Como vocês celebram o Natal?

Ficamos tão cansados depois de entregar presentes para 600 milhões de crianças que dormir é o que mais queremos. Mas eu sempre faço questão de jantar peru com a família antes de irmos para a cama. Arthur adora e Margaret acha importante termos tempo só com a família. Assim, todos nós participamos, inclusive, meu pai, o Grandsanta, que consegue ficar acordado!



O que você dá de presente para a sua família no Natal?

Margaret gosta de lenços e sempre aposto nisso, não tem como errar. Para o Steve e meu pai acabo sempre dando livros. Quanto a Arthur, é uma surpresa. Ele gosta de manter a magia do Natal e o amor na tradição,  por isso, só recebe o presente no momento certo.



O que você gostaria de ganhar no Natal?

Meias bem quentes, se possível, térmicas. Esta é uma inovação maravilhosa dos tempos modernos!



Confira a entrevista com Steve:
O filho mais velho, Steve, quer modernizar o Natal


Como você se apresenta?

Steve - Sou o filho mais velho do Papai Noel, o próximo na linha de sucessão e líder de Operações do Pólo Norte.


Mas sua barba é muito diferente da de seu pai...
Ainda bem. Uso um cavanhaque festivo, esculpido na forma de uma árvore de Natal. É o logotipo no Pólo Norte.


Qual invenção você mais tem orgulho?
O S-1, um tipo de nave espacial. Eu o projetei do zero. Pensei em tudo, até nos secadores de mão dos banheiros dos elfos.


Por que não quer mais trenó puxado por renas?
Não me interpretem mal. A entrega original era encantadora, mas totalmente impraticável.


Qual é o seu trabalho no Pólo Norte?
Sou responsável pelo planejamento da missão de Natal - que é entregar dois bilhões de presentes em uma noite. Também  inspiro e motivo o exército de milhões de elfos do Papai Noel, além de defender os nossos valores fundamentais.

Quais são?
Boa vontade, paz e funcionalidade com eficiência máxima.

Qual é a sua época favorita do ano?
Natal.

É claro. É um momento mágico.
Mágico? Sim, claro. Mas a magia não faz a entrega no horário. O Natal é uma oportunidade de ouro para colocar em prática minha experiência com as últimas inovações tecnológicas e facilitar o atendimento de nossos clientes.

Clientes?
Metas de entrega, ou seja, as crianças.

Para Steve, as crianças são clientes




O que você menos gosta no Natal?
A tendência frustrante de muitos dos nossos funcionários, incluindo membros da minha própria família, de atrapalhar o trabalho por causa de emoção sentimental.


Qual é a sua palavra favorita?
Sucesso.


Adjetivo?
Bem-sucedido.


Verbo?
Festivizar. É uma palavra que eu inventei para descrever a nossa missão de entregar aos acionistas a mercadoria solicitada, ou seja, levar com sucesso os presentes que as crianças pediram para o Papai Noel. 


Cor favorita?
Camuflagem com verde e vermelho.






Qual sua música favorita?
Simply the Best de Tina Turner. Mas o meu primeiro ato como Papai Noel novo será substituir Jingle Bells. Estou em negociações iniciais com a banda Coldplay para marcar a nova versão.


Como será o Natal se você se tornar Papai Noel?
Se? Se? Você quer dizer quando eu me tornar.


Desculpe, quando.
Eu tenho série de propostas. A primeira defende a divisão do Natal em quatro feriados distintos, espalhados por todo o ano.

Você quer dizer que vai haver um Natal a cada quatro meses?
Temos enorme capacidade de entrega e força-tarefa para isso. A ideia é entregar presentes na Primavera, Verão, Outono e Inverno. Mas no Verão as crianças vão pendurar um par de calções de banho e os presentes serão colocados embaixo de uma palmeira.


Outras ideias?
A longo prazo quero assumir a liderança de empresas como Apple, Microsoft e Starbucks. Eu quero um Pólo Norte Corporation em cada rua, em todos os shoppings, no mundo. Temos uma operação de entrega impressionante. Eu quero competir com a FedEx para entrega no dia-a-dia normal de mercadorias. Ah, e eu estou pesquisando como podemos participar com franquias em outros feriados como Páscoa, Yom Kippur, Dia dos Mortos, Ação de Graças.


Ação de Graças? Mas não há presentes neste feriado.
Este é o tipo de pensamento rígido que eu, como Papai Noel, planejo destruir. Por que as pessoas não devem dar presentes em Ação de Graças? Colocar uma árvore, cantar hinos, deixar de fora as meias?


Porque isso é só no Natal.
Regras são feitas para serem quebradas. Eu sou o futuro. 

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Patati Patatá alegram o fim de semana

Foto: Divulgação
 

Com roupa desengonçada, sempre com a calça larga caindo, sapato de nadador e cara pintada. A cabeleira é estranha e o nariz é uma pelota vermelha. Dá piruetas por todos os lados, cai, levanta, pula, sobe, desce, anima os espectadores com artes e piadas engraçadas. Esse é o palhaço, que traz riso e alegria para o público. Entre os personagens do circo, como mágicos, trapezistas, dançarinas e equilibristas, ele exerce a principal função. Com muita palhaçada, faz o público só pensar em alegria. É um circense indispensável na apresentação do espetáculo.

Na história do circo, muitos ficaram famosos, como Arrelia, Chique-chique, Pirolito, Carambola, Teco-teco, Pipoca, Pingulin, Bozzo, Carequinha e Picolino. Como todo palhaço, eles representam a alegria e estão sempre com sorriso chega perto da orelha. Muitas vezes, soltam aquela gargalhada.

Quem também arranca risos e aplaousos da plateia é Patati Patatá. Como presente de natal adiantado, a dupla se apresenta sábado (26), às 11h, no Shopping Central Plaza, em São Paulo.A dupla alegra as manhãs no programa Carrossel Animado que vai ao ar de segunda a sexta, às 7h30, no SBT.

Os palhaços começaram como animadores de festas. Em 1980 foram para a TV e iniciaram as apresentações em todo o Brasil. Eles são interpretados, respectivamente, por Agnaldo Soares e Renato de Oliveira. O grupo lançou o DVD Patati Patatá, em 2010.

ONDE –
Central Plaza Shopping (Av. Dr. Francisco Mesquita, 000, Vila Prudente – Estação Tamanduateí do Metrô, tel.: 2066- 4422), em São Paulo. Grátis.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Programa mostra ataque de tubarão ao vivo


Fotos: Divulgação


Todos os anos são registrados entre 70 a 100 ataques de tubarão no mundo, com um total de 15 mortes. Mas será que esse animal considerado um dos maiores predadores do planeta é tão fatal assim? Quais serão os motivos que fazem as feras do mar atacar? Essas e outras perguntas serão respondidas pelos cientistas que durante três meses realizaram experiências. O resultado será exibido ao vivo para o mundo na sexta-feira (25),  à meia noite, no NatGeo.


O especial de duas horas apresenta em tempo real especialistas nadando livremente entre tubarões enquanto comprovam a veracidade sobre os mitos existentes a respeito de seus ataques. Shark Attack Experiment LIVE será apresentado direto de Rocky Bay, na África do Sul, um lugar chamado de Shark Park (Parque dos Tubarões). O local concentra a maior densidade e diversidade de tubarões do mundo, incluindo espécies como o tubarão branco, tigre, de pontas negras, touro e negro, que são considerados mais predispostos ao ataque ao homem.




Você sabia?
Boa parte das investidas ocorre perto da costa, normalmente em bancos de areia, que são os locais onde os tubarões costumam se alimentar. Embora a maioria dos ataques aconteça a milhares de quilômetros do Brasil - nas praias da Austrália, da Flórida e da África do Sul -, nós não estamos livres do perigo. O recorde brasileiro foi em 1994, quando 14 pessoas foram mordidas pelo predador, a maioria no Nordeste.


segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Músicas divertem, ensinam e estão na telinha

Todo mundo gosta de ouvir música, ainda mais quando dá para brincar com a turma e ainda lembrar dos personagens favoritos da TV e do cinema. Confira algumas novidades de CDs que o Diarinho ouviu e aprovou.   


Fotos: Marina Brandão
 

Disney Vilões (Walt Disney Records, R$ 21,90)
Depois dos CDs Heróis e Princesas Disney é a hora de conhecer a s músicas que servem de trilha sonora para as maldades dos vilões. Entre as 14 faixas do álbum, são homenagedos vilões clássicos como a Cruela Cruel de 101 Dálmatas  e o Gaston de A Bela e a Fera, e os mais recentes como A Princesa e o Sapo  e Enrolados.

Sua Mãe Sabe Mais – Enrolados
Canção dos Gatos Siameses – A Dama e o Vagabundo
Cruela Cruel – 101 Dálmatas
Quero ser como Você – Mogli. O Menino Lobo
Gaston – A Bela e a Fera
Se Preparem – O Rei Leão
Iodel- Eidel- Idol – Aidol- U – Nem que a Vaca Tussa
Amigos do Outro Lado – A Princesa e o Sapo
Oogie Boogie’s Song – O Estranho Mundo de Jack
Poor Unfortunate Souls – A Pequena Sereia
Pink Elephants on Parade - Dumbo
You’re Only Second Rate – O Retorno de Jafar
Every Little Piece Snuff Out The Light (Yzma’s Song) – A Nova Onda do Imperador  



  

Phineas e Ferb – Através da 2ª Dimensão (O Filme) - (Walt Disney Records, R$ 24,15)
O CD traz a trilha sonora original do filme da série do Disney Channel. São 22 músicas, que lembram as cenas de aventura dos irmãos que sempre criam e constroem projetos. No filme, a irmã mais velha Candace tenta contar para a mãe o que eles estão fazendo e eles acabam parando em outra dimensão. No novo universo encontram suas personalidades alternativas e descobrem a dupla identidade de seu mascote, o ornitorrinco Perry.   A série é transmitida no Disney Channel, de segunda a sexta, às 7h30, 10h30, 15h30, 16h e 19h40. Aos sábados e domingos às 7h.


Melhor com Perry
Mas que dia bom
Eu já sei o que vamos fazer hoje
Um amigo dos bons
Vão se afundar
Que estão fazendo?
Verão
Perry o ornitorrinco
Estamos em ação
 Não saber onde estou indo
Nova realidade
O ornitorrinco me controla
Mistério total
Meus passeios siderais
Perry volta para nós
Lá em Gimmelshtump
Quando levitar
Você não é o Ferb
Massacre dos Robôs
Montanha Russa
Carpe Diem
Hora de incrementar 




Aline Barros & Cia 3 (MK Music, R$ 21,90)
Com 14 faixas, o terceiro volume  mistura músicas divertidas, como a Dança do Canguru  e  Brincando de Adoleta, com canções bíblicas, como A Arca de Noé. Se não souber as letras, não tem problema. O CD vem com encarte supercolorido com todas elas!


Brincando de Adoleta
Dança do Canguru
Arca de Noé
Dada Gugu
Quem era o Menininho?
As Pirâmides de Faraó
Louvor de Miriã
Abra um Sorriso
Mulher Samaritana
 Milagres de Jesus
 Pisa na Muralha
Eu li na Bíblia
 Junto e Misturando
Trenzinho Chic Pom


* O Diarinho deste domingo traz matéria especial para comemorar o Dia da Música, celebrado nesta terça-feira (22). Clique nos links para abrir:

sábado, 19 de novembro de 2011

Bandeira é símbolo do País




Tem gente que só lembra da bandeira do Brasil quando a vê sendo hasteada após um atleta brasileiro ganhar alguma competição. Hoje é um bom dia para pensar neste símbolo da Pátria. Dia 19 de novembro é comemorado o Dia da Bandeira, data criada em 1889, quatro dias após a Proclamação da República.

A nossa bandeira foi pensada em 1822. Possui 27 estrelas, que representam os 26 Estados e o Distrito Federal. A posição de cada uma retrata o céu do Rio de Janeiro no dia da proclamação. O Brasil já teve vários modelos de bandeiras ao longo dos seus 511 anos de existência. No atual, o verde simboliza nossas matas, o azul o céu e o amarelo as riquezas. Leva a frase Ordem e Progresso no centro. Este modelo foi criado por Raimundo Teixeira Mendes e Miguel Lemos. Possui um hino próprio, confira:






Você sabia?
- As primeiras bandeiras do mundo foram encontradas nas antigas civilizações, quando os povos as utilizavam para representar seus exércitos. Serviam para evitar que fossem confundidos. Elas evitaram centenas de soldados, pois os exércitos aliados conseguiam identificar os grupos de soldados que não eram seus inimigos.

- Muitos países são representados por bandeiras que trazem significados comuns. O azul simboliza nobreza e o vermelho representa os movimentos revolucionários.


- Algumas bandeiras apresentam características especiais, de acordo com as tradições do país. A do Japão é branca, com um círculo vermelho ao centro, que simboliza o Sol, por isso, o país é chamado de Terra do Sol Nascente. A bandeira da Arábia Saudita possui uma frase que quer dizer que no país “existe só um Deus e Mohamed é seu profeta”. O Nepal tem uma bandeira com o Sol e a Lua, que significa que o país existirá enquanto os dois astros existirem.