segunda-feira, 21 de junho de 2010

Desenho brasileiro em 3D chega em outubro


Você ter visto no Diarinho de ontem (dia 20) que o Brasil Animado será o primeiro filme brasileiro em 3D. Previsto para estrear em outubro e criado por Mariana Caltabiano, a produção esté em fase de montagem, envolvendo equipe de 40 profissionais em sua produção. O filme vai misturar desenhos e cenas reais.

Na trama, os cães Stress e Relax iniciam aventura em busca do Grande Jequitibá Rosa, árvore rara com mais de 1.000 anos. O problema é que eles não sabem onde a planta está. Os amigos, então, iniciam uma superviagem na qual descobrem algo muito legal: como o Brasil é grande e cada um dos Estados é especial. Percorrem 10 Estados brasileiros, além de Brasília, a capital federal. Em Minas, por exemplo, passam por Ouro Preto, Tiradentes e Diamantina.





A diretora Mariana Caltabiano tem muita experiência em animação. É autora de Zuzubalândia, que surgiu de um livro infantil e virou desenho com bonecos animados. Passou pelo SBT e o TV Globinho. Agora sua produção As Aventuras de Gui e Estopa está no ar no Cartoon, exibido aos domingos, às 9h30.

Você pode descobrir muita coisa sobre seu trabalho no site www.mariana caltabiano.com.br. Ante disso, confira o que ela conta a seguir:


Qual é a diferença entre produzir uma animação em 2D e outra 3D?
No 3D as imagens são duplicadas. Uma representa o seu olho direito e a outra o esquerdo. Essas imagens são sobrepostas e os planos separados para formar o 3-D.

Dá muito trabalho?
Sim, principalmente no caso do Brasil Animado no qual também captamos imagens ao vivo em 3D. Tivemos que trazer duas câmeras dos EUA e um equipamento especial da Alemanha. O peso do equipamento para viajar pelo Brasil e o fato de a cada cena ter que calcular a distância dos objetos para ajustar as câmeras, também fez com que todo o processo fosse mais demorado.

Você tem preferência por uma das técnicas?
Gosto das duas técnicas, na verdade pra mim o mais importante é a história.







Um comentário:

Tonka3D, Ricardo disse...

Eu gostaria de ver um dia o Brasil produzindo um filme de animação 3d, que não precisaria ser que nem um Avatar por exemplo, mas que chegasse um pouco próximo disso. Agora se este filme Brasil Animado for nos moldes do filme/desenho A Era do Gelo de Carlos Saldanha, daí sim vou começar a acreditar que algo de grande valia poderá ainda surgir aqui no Brasil. É aguardar para ver, porque nem o Carlos Saldanha no caso trabalha e mora aqui no Brasil, enfim...