sexta-feira, 13 de março de 2009

Tatiana e seus limeriques. Vamos rimar?!



Foto: Marina/ Ilustra: Fernandes

Sabe quando se tem a impressão de que um amigo ou um conhecido são bem parecidos com um personagem da TV? Foi o que eu senti quando conheci, na última semana, a escritora Tatiana Belinky.

Ela me lembrou muito a boneca Emília do Sítio do Picapau Amarelo pelo seu jeitinho travesso e, claro, por não parar de falar um minuto (parece mesmo que ela tomou a pílula falante da Emília)! Apesar de parecer criança, Tatiana completa 90 anos no dia 18, e nos recebeu na casa dela, em São Paulo. Foi uma das melhores entrevistas da minha carreira. Foi demais!

Quem me acompanhou foi Gabriel Rocha e Luana Bomfim, 9 anos, de Santo André. Eles já leram vários livros da escritora e perguntaram um monte de coisas legais para ela. Gravamos até um video com algumas dessas perguntas (confira no site diarinho.dgabc.com.br). O resto da entrevista chega com o Diarinho domingo nas bancas.

Tatiana nasceu na Rússia e veio ao Brasil quando tinha 10 anos. No começo da carreira, ela traduzia livros. Depois, fez a adaptação para a TV do Sítio do Picapau Amarelo junto com seu marido. Só começou a escrever livros infantis aos 65 anos. De lá para cá foram mais de 150, entre eles, Operação do tio Onofre, Diversidades, Caldeirão de Poemas, Coral de Bichos, O Grande Rabanete e Beijo, Não!

Um dos livros se chama Limeriques das Coisas Boas, um tipo de poema curto que fala de coisas malucas. Ele sempre tem cinco versos, sendo que a primeira, a segunda e a quinta linhas terminam com a mesma rima. Já a terceira e a quarta são mais curtas e rimam diferentes das outras.

Olha só o Limeriques que escrevi sobre Tatiana:

Tatiana, Tatianinha
Que é Emília e bruxinha
Adora uma boa brincadeira
Conta histórias de rabanete e de sereia
Vai ser sempre uma doce meninininha


Que tal escrever alguns e mandar para a gente?!
Beijos e até a próxima!

Marcela
:0)

2 comentários:

Débora disse...

MARCELA
O VIDEO FICOU BEM BACANA.
A LUANA ADOROU PARTICIPAR DESTE MOMento TÃO ESPECIAL e CONTOU TODOS OS DETALHES AOS COLEGAS.


Um forte abraço,
Profª Débora

Beatriz disse...

Nossa, fiquei maravilhada com a história de carreira da Tatiana! Que mulher impressionante!
Ela é um exemplo para todos nós. Quero dizer, iniciar uma carreira de escritora de livros infantis aos 65 anos e de lá pra cá ter escrito mais de 150...
Esse feito realmente deve ser divulgado!