quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Conheça os personagens de Guerra nas Estrelas


Em 1977, um filme revolucionou o cinema e as histórias de ficção científica, transformando-se em fenômeno mundial. Era Guerra nas Estrelas: Episódio IV – Uma Nova Esperança, que no dia 25 de maio completa 35 anos.

Apesar de tanto tempo ter passado, a saga – criada pelo diretor George Lucas e composta por seis longas - não para de conquistar fãs. O Diarinho conversou com alguns representantes da nova geração que entendem tudo sobre obra. Para conhecê-los e saber mais sobre a ela, leia a reportagem.

E você pode nunca ter assistido à Guerra nas Estrelas, mas certamente já viu ou escutou o nome de algum personagem. Confira os mais famosos:




Anakin Skywalker / Darth VaderO Episódio I - A Ameaça Fantasma (1999) mostra a infância do personagem que todos acreditam que possa se tornar grande cavaleiro Jedi (que luta pela paz, ordem e justiça). Ao longo dos filmes, porém, se transforma no poderoso vilão Darth Vader.






Luke Skywalker – Filho de Padmé Amidala e Anakin Skywalker, inicia seu treinamento Jedi já adulto (em geral, isso acontece na infância) e vira líder dos rebeldes. Luta contra o Império Galáctico, que escravizou e destruiu raças alienígenas, espalhando medo e terror.

Princesa Leia Organa – Irmã gêmea de Luke. Também integra o grupo de revolucionários que deseja acabar com o Império.




Han Solo – Contrabandista (vendedor de mercadorias proibidas) ao lado de Chewbacca. Torna-se amigo de Luke e Leia, além de ajudá-los a derrotar o Império.









Mestre Yoda – Um dos mais poderosos cavaleiros Jedis tem cerca de 900 anos. Dono de grande sabedoria, foi o mestre de Luke Skywalker.


Obi-Wan Kenobi – Famoso cavaleiro Jedi, descobre o menino Anakin Skywalker e se torna seu mestre.












C-3PO – O divertido e atrapalhado dróide (robô) foi construído por Anakin. Tem a função de traduzir línguas e ensinar a cultura de diversos planetas e povos.













R2-D2 – Companheiro de
C-3PO, é especialista em mecânica e programação. Por diversas vezes salvou os amigos.




Padmé Amidala – Mãe de Leia e Luke, era rainha de Naboo e depois senadora do mesmo planeta.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Livros com ilustrações que saltam das páginas

Você sabe o que é um livro pop-up? É aquele em que as ilustrações parecem pular das páginas e ganhar vida. O Diarinho separou duas dicas de obras desse tipo:

Em Argh! (Stella Gurney e Jonathan Lambert, Editora Brinque-Book, 12 págs., R$ 26,90), o protagonista Fedô é um gambá desconfiado. Tentava dormir, quando sentiu um cheiro horrível. Decidiu caminhar pela floresta em busca de um lugar melhor para deitar. O problema é que o odor só piorava. Ao encontrar outros animais, questionou se tinham soltado pum. Todos negavam, claro. Afinal, será que Fedô vai descobrir de quem é o cheiro? A leitura é rápida e bem interessante.

Dos mesmos autores, o livro Por Que Você É Você (Editora Brinque-Book, 12 págs., R$ 26,90) conta a história do pequeno coala que não se achava tão especial quanto a mãe dizia. Para se tornar ainda melhor, encontrou uma maneira de adquirir características de outros animais. O primeiro que achou foi o búfalo, dono de lindos chifres. O protagonista, então, criou uma imitação de madeira para colocar na cabeça. Será que o plano dá certo?

domingo, 19 de fevereiro de 2012

George Méliès mudou a história do cinema

Fazer filmes cheios efeitos especiais é moleza nos dias de hoje, certo? Agora, imagine produzi-los no fim do século 19, quando o cinema começava a surgir e não existia nenhuma tecnologia disponível. O ilusionista francês George Méliès é considerado o criador dos primeiros efeitos especiais.

Tudo teve início quando ele se encantou ao ver a primeira exibição de imagens em movimento, feita pelos irmãos Auguste e Louis Lumière, em 1895. Adquiriu aparelho semelhante ao usado pela dupla e aprendeu a mexer nele.

Méliès foi o primeiro a filmar histórias de ficção - antes as imagens retratavam apenas situações reais do dia a dia -, transformando o cinema em arte. Gravou cerca de 500 filmes, que escrevia, dirigia e nos quais atuava. Entre os mais famosos estão a Viagem à Lua (1902) e Cinderela (1899).

O longa em 3D A Invenção de Hugo Cabret, que acaba de chegar às telonas, faz grande homenagem a George Méliès. Saiba mais sobre o filme e o cineasta na matéria publicada neste domingo no Diarinho.

Confira imagens de Viagem à Lua e Cinderela:


 

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Confira trecho do novo curta de animação da Pixar

La Luna

Quem é fã das animações da Disney Pixar sempre fica ansioso para saber qual será o curta-metragem exibido antes do novo filme nos cinemas. Em 2011, por exemplo, Férias no Havaí - com a turma de Toy Story – era apresentado antes de Carros 2 começar.

Para matar um pouquinho da nossa curiosidade, o estúdio acaba de divulgar um trechinho de La Luna (confira abaixo), que vai aparecer nas telonas antes de Valente, longa com estreia marcada para 20 de julho no Brasil. Apesar de  bem curto, dá para notar a beleza das imagens.

O desenho mostra a primeira noite em que um menino vai trabalhar com o pai e o avô. Juntos, viajam pelo mar em um bote de madeira. E é em meio a água que o garoto descobre com surpresa a tarefa de sua família. Mas será que ele vai manter a tradição? Com quase sete minutos de duração, La Luna foi indicado ao Oscar (importante premiação do cinema) de melhor curta animado. A cerimônia acontece no dia 26.

Valente
Valente é baseada em uma lenda celta (o povo celta viveu há milhares de anos na Europa). Conta a história de Merida - primeira protagonista feminina da Pixar -, jovem escocesa que não está a fim de ser princesa. O sonho da garota é se transformar em grande arqueira. Ao se meter em encrenca, coloca em risco a vida da família e de seu reino. Para resolver o problema, terá de enfrentar muitos perigos, incluindo terrível maldição.


video

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Aprenda a fazer uma máscara de Carnaval



O Carnaval está pertinho, mas muita gente ainda não preparou a fantasia. Por isso, que tal criar sua própria máscara e, de quebra, se divertir com a atividade? O ilustrador Fernandes ensina a fazê-la com papel machê.

Você vai precisar de: bexiga, jornal, papel toalha, tesoura sem ponta, cola branca, pincel, tinta guache, elástico e potinho com água.

Siga os seguintes passos:

Encha a bexiga até atingir o tamanho aproximado de sua cabeça e dê um nó.

No potinho, dilua a cola com um pouco de água. Com o pincel, passe a mistura na bexiga e cole tiras de jornal. Faça três camadas, cobrindo totalmente a bexiga (menos o nozinho). Depois, faça o mesmo com uma camada de papel toalha.

Deixe secando de um dia para o outro. Então, fure a bexiga perto do nó. Por meio desse mesmo buraquinho corte-a no meio. Assim, você já terá duas máscaras.

Marque a área em que ficarão seus olhos. Se achar difícil, peça ajuda de um adulto para fazer os furinhos.

Em seguida, abuse da criatividade para desenhar o que quiser. Pode fazer a máscara do Homem-Aranha, como na ilustração ao lado. Também pode recortá-la mais para que cubra apenas a região dos olhos. A tinta guache dá um resultado bacana; dá ainda para usar canetinha.

O jeito mais fácil de colocar o elástico é prendê-lo com grampeador.

E está pronta!


Confira o passo a passo no vídeo:

sábado, 11 de fevereiro de 2012

Escola pra Cachorro ganha nova temporada na TV Cultura



Quem curte a série Escola Pra Cachorro não pode perder a segunda temporada, que começa nesta segunda (13), às 9h45, na TV Cultura.

A animação mostra as aventuras vividas por um grupo de cachorrinhos: Lucas, filhote de dálmata e mascote da turma; Lili, a vaidosa poodle roxa; Pedro, o comilão que é mistura de beagle e dashund; Koda, husky siberiano aventureiro; e Suki, bulldog dócil e sensível. Todos os dias os animais vão para a escola, enquanto os donos trabalham. Lá, aprendem várias lições, fazem amizades e inventam brincadeiras.

No primeiro episódio, Pedro fere a pata e recebe cuidado de todos. Gosta tanto da atenção dada pelos amigos que resolve não contar que o ferimento está melhor. Finge sentir dores. Mas a barra fica suja quando os amigos descobrem a verdade. Como o dálmata vai se defender?

Escola pra Cachorro vai ao ar sempre de segunda a sexta-feira, às 9h45 e 16h40.

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Tintim volta à telinha


Depois de ganhar filme em 3D, Tintim volta às telinhas em mais um desafio. A animação Tintim e o Lago dos Tubarões, produzida em 1972, vai ao ar nesta sexta-feira (10), às 17h25, na TV Cultura. Junto aos amigos Capitão Haddock e Professor Cálculo, o jovem repórter precisa desvendar outra fraude de Rastapopoulos. O vilão rouba importantes obras de arte e as substitui por cópias muito ruins. Para encontrá-lo, o herói e os companheiros terão de visitar um misterioso lago.

E a novidade não para por aí. A série As Aventuras de Tintim será transmitida pelo mesmo canal a partir de abril. Atualmente, é exibida pelo Canal Futura, de segunda a sexta, às 11h30. O personagem, criado pelo belga Hergé, fez enorme sucesso nas décadas de 1980 e 1990. Sua primeira aparição foi nos quadrinhos, em 1929. O filme, dirigido por Steven Spielberg, continua nos cinemas e concorre ao Oscar na categoria de melhor trilha sonora original.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Sabina recebe mais dois pinguins


Fotos: Prefeitura de Santo André/ Divulgação
A Sabina Escola Parque do Conhecimento, em Santo André, ganhou novos habitantes: dois pinguins-de-magalhães. Vieram de longe, do Espírito Santo, onde estava sob os cuidados do Instituto de Pesquisa e Reabilitação de Animais Marinhos. As outras aves, que já viviam na Sabina, chegaram de Ubatuba, no litoral de São Paulo. Agora, o pinguinário possui 22 animais.

Como não tinham chance de voltar para a natureza, foram encaminhados ao parque. Chegaram de avião no dia 22 de dezembro. Receberam os primeiros cuidados da equipe e ficaram em quarentena (isolados dos outros bichos) para melhorar o estado de saúde e passar por exames. Após o período, a dupla foi liberada para integrar o grupo.

ESPÉCIE
O pinguim-de-magalhães é ave marinha com o corpo adaptado para viver na água. Não voa; as asas são usadas como nadadeiras. Mede cerca de 70 cm de altura e pesa aproximadamente 5 kg. Vive em área de clima temperado, em que a temperatura varia ao longo do ano entre 7 ºC e 35 ºC. É encontrado na Patagônia argentina e chilena, formando grandes colônias (grupos com 20 ou mais pinguins), chamadas 'pinguineiras'.


Possui dois períodos de vida: a época reprodutiva - de setembro a março -, em que forma casal monogâmico (tem  apenas um parceiro); a fêmea coloca dois ovos em ninho construído em tocas ou aos pés das árvores. Nos outros meses - período não reprodutivo - sai em busca de alimento (peixes, lulas e pequenos crustáceos) pelo mar. É justamente quando alcança longas distâncias, podendo chegar ao nosso Litoral.

Durante a viagem, alguns animais ficam fracos e até doentes. Nesses casos, precisam de cuidados especiais. Mesmo após se recuperarem, não conseguem retornar ao habitat natural.  Por isso, são levados a instituições que os utilizam em projetos de educação ambiental e pesquisas para conhecer melhor a espécie.

ONDE - Sabina Escola Parque do Conhecimento (Rua Juquiá, entrada na altura do nº 135, tel.: 4422-2001). Aberto ao público aos sábados, domingos e feriados, das 12h às 18h (bilheteria fecha às 17h). Ingresso: R$ 5 e R$ 10. Grátis para alunos e professores da rede municipal de Santo André, crianças até 5 anos e pessoas com deficiência.



quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Charles Darwin no Museu Catavento


Você sabe quem foi Charles Darwin? Era cientista que viveu há mais de 200 anos na Inglaterra e realizou pesquisas importantes para a Ciência. Também escreveu, após muito estudo, A Origem das Espécies, obra na qual afirma que a Terra tem milhões de espécies diferentes graças à evolução (mudanças para melhor se adaptar ao ambiente) dos seres vivos.

No dia 12 de fevereiro o naturalista britânico faria aniversário (203 anos, se fosse vivo). Em homagem, o Catavento Cultural e Educacional iniciou a mostra Darwin: Evolução Para Todos, que permanece aberta até 4 de março.

Dá para conhecer um pouco sobre a vida do cientista por meio de painéis. Tem também animais - conservados pela técnica da taxidermia (preserva a pele do bicho, mantendo suas características físicas) - das mesmas espécies coletadas por Darwin quando esteve no Brasil, como a ema, tuim (pássaro), além de besouros, répteis e peixes.

No sábado (11) e domingo (12), das 10h às 16h, acontecem várias oficinas. Numa delas, os participantes farão origamis de dinossauros, borboletas, entre outros seres vivos; em outra vão trabalhar com diversos tipos de semente para entender como os bicos de alguns pássaros mudam ao longo do tempo.

No mesmo fim de semana, às 16h, tem o espetáculo Darwin e a Bicharada, com o grupo CienciAção. Na trama o cientista conta o que mais gostava de fazer quando era criança, fala das faculdades que cursou e sobre a viagem ao redor do mundo no navio britânico HMS Beagle.

ONDE - Exposição Darwin: Evolução Para Todos no Catavento Cultural e Educacional (Palácio das Indústrias ­- Parque Dom Pedro II, tel.: 3315-0051), em São Paulo. Ingresso: R$ 3 e R$ 6. De terça a domingo, das 9h às 17h. Até 4 de março.

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Estreia segunda temporada de Adolepeixes na TV


Não só os humanos enfrentam desafios no início da adolescência. Na série Adolepeixes, um grupo de peixes maluquetes se mete em grandes encrencas no Freshwater High, colégio que fica no fundo de um aquário de pet shop. A segunda temporada da animação estreia nesta segunda, às 15h45, no Disney Channel. O desenho é exibido de segunda a sexta, às 11h15, 15h45 e 16h15.

Confira o bate-papo com os astros de High School Musical – O Desafio, Olavo Cavalheiro, que dubla o peixinho Oscar, e Renata Ferreira, que empresta a voz à personagem Boni:

DIARINHO: Como foi emprestar a voz aos personagens?
OLAVO: Uma experiência incrível que ainda não acabou. O Oscar é um personagem divertidíssimo.
RENATA: Adoro dublar a Boni. É uma experiência diferente e divertida, aprendo muita coisa.

DIARINHO: Como eles são?
OLAVO: O Oscar é muito ingênuo, engraçado e adora se meter nas mais loucas confusões.
RENATA: A Boni é adolescente patricinha, talentosa, dramática e muito divertida. O sonho dela é ser uma grande atriz!

DIARINHO: Como surgiu o convite para dublarem os personagens?
OLAVO: Há cerca de um ano e meio estava mudando para o Rio de Janeiro quando a Disney fez o convite, um grande desafio e benção naquele momento.
RENATA: Assim que acabaram as filmagens de High School Musical - O Desafio, fiz curso de dublagem. Conheci o diretor de vozes das produções Disney no Brasil, que me convidou para fazer o teste para Toy Story 3, no qual dublei a Barbie. Depois, ele me chamou para fazer a Boni.

DIARINHO: Como foi o trabalho em Adolepeixes?
OLAVO: A dublagem é difícil, justamente porque não há tempo para conhecer profundamente o personagem e o texto. Aprimoramos com o passar do tempo. Mas é um processo que ensina muito em relação à concentração e foco.
RENATA: Na dublagem, recebemos os textos na hora. Assistimos à cena na língua original, depois gravamos, lendo e olhando a tela ao mesmo tempo. O diretor de dublagem nos orienta na hora.

DIARINHO: Sentiram dificuldade em dublar? O que foi mais difícil?
OLAVO: O mais difícil é quando temos falas muito grandes. Por isso, dublar requer muita concentração e foco.
RENATA: Sim. Como disse, é complicado porque fazemos tudo ao mesmo tempo. Mas com a prática e a ajuda do diretor fica mais fácil.

DIARINHO: Tiveram de alterar a própria voz?
OLAVO: Muito. Vários fãs me pedem para fazer a voz, pois não acreditam que seja eu (risos).
RENATA: Tenho que usar a minha voz mais para o agudo (fininho) para combinar com a idade e a personalidade da Boni.

DIARINHO: O que Adolepeixes tem de bacana?
OLAVO: Tudo. São histórias sempre criativas e engraçadas.
RENATA: Adolepeixes é mistura de animação 2D com colagens de fotografias, o que torna o desenho mais dinâmico e divertido.

DIARINHO: O que a animação pode ensinar ao público?
OLAVO: Esquecer os problemas e entrar em um mundo novo, diferente e mágico!
RENATA: Os conflitos e desafios são muito semelhantes aos dos adolescentes de hoje. Mas em Adolepeixes, se desenrolam dentro do aquário de um pet shop.

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

A Bela e a Fera volta ao cinema em 3D


Após Toy Story e Rei Leão, é a vez de outra animação querida voltar às telonas em 3D. A Bela e a Fera em três dimensões estreia nesta sexta (dia 3). O desenho, que se transformou em clássico, mistura romance, aventura, humor e até doses de terror.

Conta a história da jovem Bela, considerada meio esquisitona pelos habitantes da vila em que mora. Para salvar o pai, aceita ser prisioneira no castelo mágico da Fera. No local, ela conhece empregados encantados, como o castiçal Lumière e o relógio Horloge. Aos poucos, também descobre que o monstro não é tão mal assim; na realidade, é príncipe enfeitiçado por uma bruxa.

No Brasil, a versão em 2D foi lançada há 20 anos! Em 1992, o filme também ganhou duas categorias do Oscar – importante premiação do cinema – melhor trilha sonora e melhor canção para Beauty and Beast (A Bela e a Fera).

O desenho é baseado no conto de fadas francês, escrito pela primeira vez por Gabrielle Suzanne Barbot, no século 18. Desde então, ganhou várias adaptações para a literatura, cinema, teatro e TV.